|Porto

Rui Moreira obrigado a recuar na concessão do Coliseu a privados

O presidente da Câmara Municipal do Porto vai levar à reunião do Executivo de 9 de Março a proposta de concessão do Coliseu. CDU reconhece que decisão é fruto da denúncia pública e «peca por tardia». 

Coliseu do Porto
Créditos / coliseu.pt

«A CDU não pode deixar de considerar que esta decisão peca por tardia. E que apenas foi tomada face à denúncia pública efectuada pela CDU, bem como ao trabalho consequente que desenvolveu com vista a que esta decisão […] seja tomada no seio dos órgãos democraticamente eleitos, permitindo que estes assumam as suas responsabilidades perante os seus eleitores – mecanismo fundamental da democracia», lê-se num comunicado da CDU enviado ao AbrilAbril. 

No passado dia 23 de Fevereiro, e perante a decisão anunciada pelo presidente da Câmara Municipal do Porto de apoiar a concessão do Coliseu a privados (na sequência de uma reunião do Conselho Municipal de Cultura), a CDU acusou Rui Moreira de menosprezar os órgãos municipais e reiterou a intenção de, ao abrigo das disposições legais, «assegurar que os órgãos municipais se pronunciassem sobre esta decisão, dada a importância do Coliseu na vida da cidade». 

«Nesse sentido, na reunião da Comissão de Apoio à Mesa da Assembleia Municipal que se realizou no passado dia 27 de fevereiro, o representante do Grupo Municipal da CDU abordou a questão, tendo sido aprovado que os grupos municipais do PS, do PSD, da CDU, do BE e do PAN, ao abrigo da disposição legal que permite a um terço dos deputados municipais convocarem, potestativamente, uma sessão extraordinária da Assembleia Municipal, iriam formalizar o pedido de convocatória de uma sessão para "Analisar a situação do Coliseu do Porto"», refere a nota. 

O pedido foi formalizado no dia 28. Nesse mesmo dia, «e conhecedor desta situação», o presidente Rui Moreira anunciou a intenção de, na próxima reunião do Executivo, agendar um ponto para apreciação da posição a assumir pelo Município na Assembleia Geral da Associação de Amigos do Coliseu do Porto, no próximo dia 13, que irá analisar o futuro desta emblemática sala do Porto.

Tópico