|Grândola

Março em Grândola é Mês da Juventude

Música, desporto e cultura integram a programação do Mês da Juventude, a partir desta terça-feira e sempre em formato digital, com transmissão nas redes sociais do Município de Grândola. 

Créditos / Rádio Campanário

«Conversando com…» é a rubrica que marca o arranque desta edição com o objectivo de dar a conhecer histórias de jovens grandolenses que possam inspirar outros. A iniciativa decorre todas as terças e quintas-feiras, até ao final do mês, podendo ser acompanhada no Facebook e no Instagram da Câmara Municipal de Grândola, promotora do Mês da Juventude.  

Segue-se a rubrica «Conhecendo…», protagonizada pela Sociedade Musical Fraternidade Operária Grandolense (SMFOG), que todas as quartas e sextas-feiras irá apresentar os vários instrumentos que compõem uma orquestra. 

Uma vez que confinamento rima com sedentarismo, o Município destaca as aulas que incentivam à prática da actividade física, sempre ao sábado, patrocinadas por associações locais. 

A importância de debater a saúde e a educação menstrual e sexual motiva a série de videoconferências que vão realizar-se ao longo do mês de Março, através da plataforma Zoom. 

«A doença sexualmente transmissível fica para o resto da vida», é o tema da primeira, no dia 13, pelas 15h, com a psicóloga e sexóloga Tânia Graça. Patrícia Lemos, educadora para a saúde menstrual e para a fertilidade, será a oradora da sessão do dia 27, à mesma hora. 

«Desconfina'mente» é outra das rubricas da programação do Mês da Juventude, através da qual serão fornecidas sugestões de «como desconfinar a mente em casa», ou seja, estratégias para lidar com a ansiedade e evitar conflitos em casa, e saber mais sobre comportamentos virtuais seguros. A iniciativa é organizada pela Associação Jovens in Up – Casa do Povo de Azinheira dos Barros e terá lugar no dia 20, pelas 11h.

Para os dias 20 e 27 estão ainda agendados concertos com os artistas da terra Épikos e Pazcal e Mori'Rosso, respectivamente.

Tópico