|Lisboa

Fidelidade troca milhares de casa arrendadas por projecto imobiliário de luxo

A Fidelidade comprou os terrenos da antiga Feira Popular, em Lisboa, por metade do que ganhou com a venda do seu património imobiliário, que provocou uma onda de despejos por todo o País.

CréditosAntónio Cotrim / Agência LUSA

A seguradora divulgou, em comunicado, que vai construir a sua nova sede nos terrenos que adquiriu, em hasta pública, por 274 milhões de euros, segundo o Público. Com este negócio, a Fidelidade acaba por trocar o património imobiliário que detinha em todo o País, que vendeu por 425 milhões de euros ao fundo abutre norte-americano Apollo, por três lotes, no centro de Lisboa.

Os terrenos da Feira Popular fazem parte da «Operação Integrada de Entrecampos», onde estão previstos mais de 200 mil metros quadrados de novas edificações, entre habitação, comércio e serviços. A empresa adquiriu ainda um outro terreno na Avenida Álvaro Pais, junto à estação ferroviária de Entrecampos, com uma área de 40 mil metros quadrados de construção para serviços.

Apesar de a Operação Integrada de Entrecampos, que engloba ainda os terrenos envolventes aos prédios da antiga Empresa Pública de Urbanização de Lisboa, junto à Avenida das Forças Armadas, prever 700 novos fogos para «habitação acessível», nenhum desses integra os lotes adquiridos pela Fidelidade.

Tópico