|Vila Real de Santo António

Cancelamento da Feira da Praia desfasada do ciclo de reabertura

A medida de cancelamento, pela Câmara Municipal de Vila Real de Santo António, da tradicional Feira da Praia, agendada para o início de Outubro, suscitou críticas e pedidos para a sua reversão.

Aspecto da secular Feira da Praia, em Vila Real de Santo António
Aspecto da secular Feira da Praia, em Vila Real de Santo AntónioCréditos / CDU

A decisão do actual executivo da Câmara Municipal de Vila Real de Santo António, de não realizar este ano a tradicional Feira da Praia, que decorreria entre os dias 9 e 13 de Outubro, é uma «decisão errada», «desfasada do ciclo de reabertura das actividades económicas, culturais, escolares e desportivas que está em curso», e «pode e deve ser corrigida como exigem as populações e os comerciantes do concelho».

A afirmação é feita em comunicado da CDU local que critica a maioria PSD na Câmara Municipal por uma «atitude de quem desistiu de Vila Real de Santo António».

A Feira da Praia representa, no calendário do comércio e da promoção turística do concelho a oportunidade de criar condições para sustentar muitos dos dias difíceis do resto do ano, refere o comunicado, acrescentando que «o que se impõe, não é a suspensão das actividades como a secular Feira da Praia, mas a criação das condições sanitárias para que a mesma se realize, tal como outras actividades essenciais ao relançamento económico do concelho e ao bem estar e saúde das populações».

Tópico