|Ambiente

Câmara de Loures aperta o cerco a descarga ilegal de resíduos

A autarquia acaba de recrutar mais 19 agentes para a Polícia Municipal de Loures, que na última semana apreendeu em flagrante delito duas viaturas de transporte por descarga ilegal de resíduos. 

A Câmara Municipal de Loures revela numa nota à imprensa que as apreensões ocorreram no final da semana passada e resultam de uma «intensa operação de vigilância e combate» à deposição de resíduos ilegais no concelho, que vem desenvolvendo desde Março.

De acordo com o texto, uma das viaturas foi apreendida na estrada nacional EN 250, em Unhos, quando descarregava resíduos provenientes de uma obra no Bairro Venceslau. A segunda viatura foi apanhada pela Polícia Municipal de Loures em São João da Talha, no momento em que descarregava resíduos provenientes de obras em Coruche (Santarém).

O Município recorda que estas deposições de resíduos constituem uma contra-ordenação ambiental muito grave e correspondem, para pessoas singulares, a coimas entre dez e 100 mil euros, em caso de negligência, e entre 20 mil a 200 mil euros, em caso de dolo.

Para as pessoas colectivas, nomeadamente as empresas, estes valores vão de 24 a 144 mil euros, em situações de negligência. Em caso de dolo, o valor da coima começa nos 240 mil euros e pode atingir os cinco milhões de euros.

Tópico