|Cuba

Soberania na América Latina em destaque na Universidade de Guantánamo

A soberania e a segurança nacional em Cuba e na América Latina estarão em destaque num encontro promovido pelo Ministério cubano de Educação Superior na Universidade de Guantánamo (UG).

Universidade de Guantánamo, em Cuba
Universidade de Guantánamo, em Cuba Créditos / cug.co.cu

O XXV Encontro Nacional de Educação Patriótico-Militar e Internacionalista, que tem hoje início e se prolonga até à próxima quinta-feira, dia 21, tem como sede a referida instituição universitária da província do Oriente cubano.

A situação que se vive na América Latina e, em especial, a ameaça à soberania da República Bolivariana da Venezuela serão temas em destaque nos debates do encontro, indica a Prensa Latina.

Roberto Sierra, membro da Comissão Organizadora, explicou a esta agência que o encontro se reveste de grande importância no actual contexto, na medida «em que permitirá traçar as linhas para fortalecer a educação patriótico-militar dos jovens universitários».

Sierra, que é também chefe do Departamento de Ensino Militar da UG, acrescentou que o encontro visa destacar várias datas históricas importantes para o país, bem como a vida e a obra de Fidel Castro.

Entre os temas a debater, contam-se ainda questões relacionadas com as novas tecnologias – em função do desenvolvimento e aperfeiçoamento da cadeira de Preparação para a Defesa nas universidades cubanas –, a educação patriótico-militar e internacionalista, e a formação de valores no Ensino Superior, entre outros.

O encontro contará com a participação de estudantes e professores de universidades de todo o país caribenho, assim como de representações de cadetes de Angola e da República Bolivariana da Venezuela, que darão a conhecer as suas experiências sobre os temas em discussão, referiu Roberto Sierra.

Tópico