|Ucrânia

À boleia de Zelensky, neonazis falam no parlamento grego

Durante a sua intervenção no parlamento da Grécia, Zelensky mostrou um vídeo onde dois terroristas do neonazi Batalhão Azov, um deles afirmando-se de ascendência grega, se dirigiram aos deputados gregos.

Militante do neo-nazi Batalhão Azov dirige-se aos deputados por iniciativa de Volodymyr Zelensky, durante a videoconferência do presidente da Ucrânia com o parlamento grego. Atenas, 7 de Abril de 2022
Militante do neo-nazi Batalhão Azov dirige-se aos deputados por iniciativa de Volodymyr Zelensky, durante a videoconferência do presidente da Ucrânia com o parlamento grego. Atenas, 7 de Abril de 2022Créditos / Cumhuryet

Os homens, que se identificaram como membros do Batalhão Azov, cujas fardas exibem como símbolo um sol negro, oriundo do ocultismo nazi alemão e que resulta da sobreposição de três cruzes suásticas, apareceram a falar aos deputados gregos num vídeo mostrado pelo Presidente ucraniano, durante a sua intervenção, por videoconferência, no parlamento grego.

Apanhados desprevenidos, deputados gregos, na reacção ao facto de membros do neonazi Batalhão Azov, integrado pelo regime de Kiev na Guarda Nacional ucraniana, ter sido autorizado a dirigir-se-lhes, falaram mesmo em «vergonha histórica».

A propósito desta tentativa de instrumentalização dos parlamentos nacionais, convém lembrar que esta quarta-feira a Assembleia da República aprovou, com o voto contra do PCP, um convite formal ao presidente Volodimyr Zelensky para intervir no parlamento português, por videoconferência.

Tópico

Contribui para uma boa ideia

Desde há vários anos, o AbrilAbril assume diariamente o seu compromisso com a verdade, a justiça social, a solidariedade e a paz.

O teu contributo vem reforçar o nosso projecto e consolidar a nossa presença.

Contribui aqui