|Música

São Carlos abre temporada com concerto online

O concerto inaugural da temporada do Teatro Nacional de São Carlos, em Lisboa, é transmitido online na sexta-feira através da página do teatro na internet ou nas redes sociais Facebook e Instagram.

O Opart gere o Teatro Nacional de São Carlos e a Companhia Nacional de Bailado
Créditos / CC-BY-SA-3.0

«São Carlos volta a sua casa» é o título da iniciativa, com programações a transmitir às sextas-feiras, às 21h, e, aos domingos, às 16h, segundo uma nota do teatro, divulgada hoje. 

Além do concerto que, no palco do São Carlos, reuniu Pedro Meireles (violino), Marco Pereira (violoncelo), António Rosado (piano) e a Orquestra Sinfónica Portuguesa, sob direcção de Joana Carneiro, em que foram interpretadas obras de Beethoven e Mahler, também será transmitida a ópera La Wally. Esta obra de Alfredo Catalani, que foi regida por Antonio Pirolli, será transmitida no domingo, às 16h.

O São Carlos vai ainda estrear em breve duas rubricas: «No meu baú» e «Bocas e cenas». A primeira consiste num desafio a lançar ao público para que partilhe uma memória física da sua ligação, ou da ligação dos seus familiares mais antigos, ao Teatro Nacional de São Carlos (TNSC).

Pode ser um bilhete de ingresso, um programa de sala, um autógrafo, uma fotografia, ou qualquer outro objecto relativo a um espectáculo ou episódio passado no TNSC. E uma vez que a iniciativa está dependente dos contributos que o público fará chegar ao teatro, o São Carlos divulgará depois quando transmite a rubrica. 

«Bocas e cenas» é uma rubrica que pretende mostrar ao público o lado menos conhecido do São Carlos: os seus trabalhadores, desde o músico à direcção de cena, do maquinista à produção, passando pelo aderecista ou pela costureira, que o São Carlos conta iniciar no princípio de Fevereiro.

Em breve será ainda estreada a série original «ABC... Compositores! – Prémio Incentivo à Composição», que dará a conhecer parte da vida e obra de dez compositores, um por episódio. Apresentado por três gerações de instrumentistas -– crianças, jovens e profissionais –, o projecto visa incentivar a criação e criatividade dos jovens compositores portugueses, residentes ou não em Portugal.

Com agência Lusa

Tópico