|Música

Festival do Maio regressa ao Seixal

Sérgio Godinho, Luta Livre e A Garota Não são alguns dos artistas e projectos que vão passar pela segunda edição do Festival do Maio, no Seixal, nos dias 28 e 29 deste mês.  

Créditos / Região Sul

A Câmara Municipal do Seixal, que organiza o festival, lembra num comunicado que o objectivo deste passa por «promover e fomentar propostas artísticas que tenham como elemento central do seu discurso a intervenção».

Para actuar no primeiro dia do festival, 28 de Maio, foram convocados A Garota Não, Luta Livre (projecto do músico Luís Varatojo), e Ana Tijoux. No segundo dia, 29 de Maio, actuam Bezegol, Sérgio Godinho e Slow J.

Em cada um dos dias, nos intervalos entre as actuações, serão mostrados vídeos «em que actores e cantores interpretam poemas marcantes da poesia de cunho interventivo», que versam sobre temas como a paz, o trabalho, a mulher, o racismo e a liberdade, da autoria de, entre outros, António Gedeão, Sidónio Muralha, Manuel Alegre, Ary dos Santos, Vinicius de Moraes e Luis Silva (Cuti).

Com direcção artística de Luís Varatojo, o Festival do Maio decorre no Parque Urbano do Seixal e os bilhetes para os concertos estarão à venda a partir de quarta-feira.

A 1.ª edição do Festival do Maio aconteceu em 2019 e incluiu, entre outros, o espectáculo Capicua & Mulheres da Lusofonia e actuações de Kusturica and The No Smoking Orchestra e Pedro Jóia e o Quarteto Arabesco.


Com agência Lusa

Tópico