|teatro

A Escola da Noite leva «Desmesura» em digressão

O mais recente espectáculo d'A Escola da Noite – Grupo de Teatro de Coimbra, encenado a partir de uma peça da escritora Hélia Correia, será apresentado proximamente em Évora e Viana do Castelo.

Imagem do espectáculo 'Desmesura - exercício com Medeia'
Imagem do espectáculo 'Desmesura - exercício com Medeia' CréditosEduardo Pinto / A Escola da Noite

Com encenação de Igor Lebreaud, Jarbas Bittencourt e Sofia Lobo, Desmesura – exercício com Medeia baseia-se na peça homónima de Hélia Correia e estreou em Outubro último no Teatro da Cerca de São Bernardo, em Coimbra.

Desmesura – exercício com Medeia (2006) foi escrita a partir da tragédia de Eurípides (Medeia) e, inserindo-se na linha de revisitação aos textos clássicos seguida pela autora, «conta-nos a tragédia a partir do espaço doméstico – a cozinha da casa de Medeia e Jasão, espaço das escravas mulheres a quem dá destaque na obra», destaca a companhia coimbrã no seu portal.

No mesmo espaço, A Escola da Noite afirma que, «aos olhos dos leitores e espectadores dos nossos dias», Hélia Correia realça «alguns dos traços essenciais do mito original: a dominação entre humanos (senhores-escravos, cidadão-bárbaro, nacional-estrangeiro, homem-mulher) e a forma como as relações de poder são construídas, alimentadas e alteradas pelo poder das palavras».

Regresso aos clássicos e digressão

Desmesura é a 68.ª criação da companhia de Coimbra, que, desta forma, regressa ao universo dos grandes textos clássicos, mais de 20 anos passados sobre As Troianas, de Eurípides (1997), e Os Persas, de Ésquilo (1999), e 16 anos depois de O Horácio, de Heiner Müller (2003).

Numa primeira fase da sua digressão nacional, o espectáculo será apresentado em Évora, no Teatro Garcia de Resende – no próximo dia 13 – e em Viana do Castelo, no Teatro Municipal Sá de Miranda – no dia 21 de Dezembro.

Ambas as apresentações têm lugar no âmbito do intercâmbio que A Escola da Noite mantém com as companhias residentes nos teatros referidos: Cendrev – Centro Dramático de Évora e Teatro do Noroeste – Centro Dramático de Viana.

Tópico