|leitura

Andante-Associação Artística vence Prémio Ler+ do Plano Nacional de Leitura

A Andante-Associação Artística, que promove há 20 anos a leitura junto dos mais novos por meio de um projecto teatral, recebeu o Prémio Ler+ do Plano Nacional de Leitura.

«A Biblioteca Andante» é um dos espectáculos de promoção teatral da leitura realizados pela Andante-Associação Artística
«A Biblioteca Andante» é um dos espectáculos de promoção teatral da leitura realizados pela Andante-Associação ArtísticaCréditos / Andante-Associação Artística

A companhia de teatro Andante-Associação Artística foi a vencedora da segunda edição do Prémio Ler+, com o seu projecto teatral de de promoção da leitura, em particular junto dos mais novos. O anúncio foi feito esta tarde, durante a conferência nacional anual do Plano Nacional de Leitura 2027 (PNL).

O Prémio Ler+, no valor de 10 000 euros, tem por finalidade reconhecer o trabalho realizado em prol da melhoria dos índices de leitura dos portugueses e da promoção do gosto pela leitura e pela escrita. Visa galardoar, em cada ano, personalidades ou entidades que se tenham destacado neste domínio e é aberto a investigadores, agentes culturais, bibliotecas públicas, escolares ou do ensino superior, escolas, universidades, professores ou mediadores de leitura.

O júri do prémio, na sua segunda edição, foi constituído por Isabel Alçada, presidente, Anabela Mota Ribeiro, Gina Lemos, Ana Margarida Ramos e António Sampaio da Nóvoa.

A Andante-Associação Artística, que celebra este ano 20 anos de actividade, nasceu pela mão da actriz Cristina Paiva e do sonoplasta Fernando Ladeira. Foi o gosto de ambos pelos livros e pela poesia, que no verão de 1999, os levou a criar algo entre o recital de poesia e o espectáculo de teatro.

Escolheram então um conjunto de poemas de que gostavam, alinharam-nos numa ordem que lhes pareceu possível, juntaram-lhes muitos sons, alguma música e, com a ajuda de um amigo, Carlos do Rosário, puseram tudo em cena.

O prémio agora atribuído é um reconhecimento do trabalho da Andante-Associação Artística na promoção da leitura e sedução de leitores, transformando livros de poesia, romances e contos em espectáculos de teatro. A companhia, que se encontra integrada no programa de itinerâncias culturais da Direcção-Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas, no âmbito do Plano Nacional de Leitura, percorre o país de biblioteca em biblioteca. Mais recentemente, apresenta-se também em creches e berçários.

Além da itinerância, a Andante assegura o Clube de Leitura em Voz Alta (CLEVA) no Fórum Cultural e na Biblioteca de Alcochete, localidade onde tem a sede. Foi distinguida em 2013 pelo município com a atribuição da Medalha Dourada da Restauração do Concelho e em 2018 foi candidata ao prémio literário sueco Astrid Lindgren.

Em 2017 Cristina Paiva foi distinguida com o Prémio Maria Isabel Barreno, para mulheres criadoras de cultura.

O PNL, criado em 2006 pelo Governo para melhorar os níveis de literacia e leitura dos portugueses, vive actualmente uma nova etapa, designando-se Plano Nacional de Leitura 2027, sendo comissariado por Teresa Calçada.


Tópico