|hotelaria

Hotel recua na decisão de obrigar recepcionistas a limpar quartos

A determinação de duas trabalhadoras e a intervenção do Sindicato da Hotelaria do Algarve foram decisivas para a administração do Dom Pedro Hotels anular a decisão.

 Sindicato considera que «a elevação salarial no sector do turismo é uma emergência nacional».
Créditos

A administração do Dom Pedro Hotels & Collection decidiu anular a decisão de forçar as recepcionistas dos cinco campos de golfe de Vilamoura a limpar os quartos dos hotéis, refere em comunicado o Sindicato da Hotelaria do Algarve (CGTP-IN).

A «coragem» e «determinação» de duas trabalhadoras, dos cerca de 17 recepcionistas de golfe, e a intervenção do Sindicato da Hotelaria do Algarve foram decisivas para a administração voltar atrás na decisão. O sindicato teve conhecimento que, entretanto, a administração voltou a contratar trabalhadores para fazer a limpeza dos quartos.

Para a estrutura sindical, este é mais um exemplo da importância de os trabalhadores denunciarem ao sindicato «os atropelos aos seus direitos» e um exemplo que demonstra que «vale a pena lutar».

Tópico