Com 130 postos de trabalho em causa

Greve marcada em empresas que laboram para a Autoeuropa

Foi marcada greve nas empresas Logisters e Acciona, ambas fornecedoras da Autoeuropa, para dia 21 de Julho, em defesa dos postos de trabalho que estão em risco.

Foram enviados pelo Sindicato dos Trabalhadores das Indústrias Transformadoras, Energia e Actividades do Sul (SITE-Sul) pré-avisos de greve para dia 21 de Julho, por tempo indeterminado, nas empresas Logisters Logistica Portugal e Acciona Facility Services, ambas a loborarem na Volkswagen Autoeuropa.

Os pré-avisos têm como objectivo «a manutenção do emprego e a defesa de todos os postos de trabalho».

Num comunicado recente, o sindicato já havia denunciado que a decisão da Administração da Autoeuropa em reduzir para um turno em algumas áreas de produção e os trabalhos a concurso, «sem qualquer justificação», provocaria a perda de mais de 450 postos de trabalho nas empresas fornecedoras instaladas dentro e fora do Parque Industrial.

De acordo com a fonte sindical, com a colocação a concurso pela Autoeuropa do trabalho actualmente efectuado pela Acciona e a Logister, ficam em causa 130 postos de trabalho, uma vez que o caderno de encargos negociado não obriga a empresa que ganhou o concurso, a DHL, a ficar com os seus 280 trabalhadores.