|greve

A unidade pertence à Luz Saúde, ex-Espírito Santo Saúde

Greve agendada no call center de hospital privado de Gaia

Os trabalhadores do call center do Hospital da Arrábida (Luz Saúde), em Vila Nova de Gaia vão avançar para a greve, agendada para o próximo dia 17, após a administração lhes dizer que ou vão para a Póvoa do Varzim ou saem sem direitos.

O Hospital da Arrábida é uma das sete unidades hospitalares privadas da Luz Saúde
O Hospital da Arrábida é uma das sete unidades hospitalares privadas da Luz SaúdeCréditos / portugalio.com

Os trabalhadores decidiram avançar para a acção de luta depois de lhes ter sido proposta a cessação do contrato de trabalho e a passagem para outra empresa do grupo, mantendo a antiguidade mas perdendo todos os direitos decorrentes da contratação colectiva.

A decisão foi tomada na passada sexta-feira, após um reunião realizada no Sindicato da Hotelaria do Norte (CGTP-IN). Para além da greve de dia 17 de Julho, os trabalhadores já pediram uma reunião com o Ministério do Trabalho.

A proposta da Luz Saúde, para além da perda de direitos, implicaria «prejuízos sérios» para os trabalhadores por via da alteração do local de trabalho, de Vila Nova de Gaia para a Póvoa do Varzim, denuncia o sindicato, que revela ainda que o prazo dado para resposta à proposta foi de apenas um dia útil.

Tópico