Comissão de Inquérito aproxima-se da conclusão

Relatório do inquérito ao Banif votado a 28 de Julho

Relatório do inquérito parlamentar ao Banif é votado a 28 de Julho. O relator, Eurico Brilhante Dias, apresenta as conclusões três dias antes. Bruxelas aprovou hoje a venda ao Santander.

O Banif foi comprado pelo Santander por 150 milhões de euros
O Banif foi comprado pelo Santander por 150 milhões de eurosCréditosBarcex / CC BY-SA 3.0

A Comissão de Inquérito Parlamentar ao Banif vai votar o relatório final a 28 de Julho. Depois de terminadas as audições, com o ministro das Finanças a prestar o seu terceiro depoimento a 21 de Junho, o deputado do PS Eurico Brilhante Dias tem até dia 21 para fazer chegar a proposta de conclusões aos deputados. O relatório é apresentado três dias antes da votação, a 25, em reunião da Comissão.

O inquérito parlamentar abordou a gestão do anterior governo do dossier Banif, que após capitalização pública passou a ter o Estado como principal accionista. Apesar das dificuldades atravessadas pela instituição, o banco chegou ao final de 2015 a uma situação crítica.

Em Dezembro, o actual Governo decidiu avançar para a resolução do Banif e venda ao Santander, que assumiu os activos do banco por 150 milhões de euros, com o Estado a assumir os «activos tóxicos», através da Oitante. A operação representou um encargo para o Estado que ainda não está fechado, enquanto o Santander viu reforçada a sua posição em Portugal e reforçados os capitais próprios da sua sucursal no nosso país.

A Direcção-Geral da Concorrência da Comissão Europeia, um alvo visado nas audições da Comissão de Inquérito por ter barrado a integração do Banif no sector público, aprovou hoje a decisão de venda tomada pelo Governo.