|desporto

Europeus de atletismo com três medalhas de ouro para Portugal

Depois de Auriol Dongmo ter conquistado o primeiro lugar no lançamento do peso, foi a vez de, hoje, Pedro Pichardo e Patrícia Mamona alcançarem o ouro no triplo salto.

Auriol Dongmo no primeiro lugar do pódio, no dia 5 de Março, na cerimónia de entrega das medalhas da modalidade de lançamento do peso, na 36.ª edição do campeonatos da Europa de atletismo de pista coberta, que se realizam em Toruń, Polónia.
Auriol Dongmo no primeiro lugar do pódio, no dia 5 de Março, na cerimónia de entrega das medalhas da modalidade de lançamento do peso, na 36.ª edição do campeonatos da Europa de atletismo de pista coberta, que se realizam em Toruń, Polónia.CréditosADAM WARZAWA / EPA / Agência Lusa

A selecção portuguesa nos campeonatos da Europa de atletismo de pista coberta, que se realizam em Toruń, Polónia, tem tido um desempenho meritório, com os seus atletas a alcançarem bons lugares nas classificações.

Destaca-se Auriol Dongmo, que venceu a final do lançamento do peso, com um arremesso de 19,34 metros. E, hoje, seguiu-se Pedro Pichardo, que conquistou o primeiro lugar no triplo salto, com a marca de 17,30 metros. Aliás, é de registar que qualquer dos saltos feitos pelo atleta, permitiria alcançar o ouro.

Em declarações à imprensa, já com a bandeira nacional sobre as costas, Pichardo referiu que, «depois de perder uma medalha em Doha, ganhar o ouro aqui significou muito. Principalmente porque é uma forma de mostrar o reconhecimento pelo que Portugal fez por mim, de me dar a oportunidade de continuar a fazer o que quero, saltar. Estou muito grato por isso».

Também Patrícia Mamona ganhou a prova de triplo salto, com um salto de 14,53 metros, que constitui também um recorde nacional em pista coberta, superando os 14,44 que a própria atleta tinha alcançado há dois anos, em Madrid. Para Mamona, esta é a sua quarta medalha em grandes campeonatos, sempre na modalidade do triplo salto. Em 2016 foi campeã europeia, e alcançou a prata em 2012 e em 2017.

Com estas duas medalhas, elevam-se para 26 o total de medalhas que atletas portugueses já alcançaram em todas as edições dos campeonatos.

Tópico