|Ensino Superior

Estudantes em luta por condições dignas e investimento

Indignados com a falta de condições que se verifica há décadas na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, os estudantes saíram à rua esta segunda-feira para exigir respostas imediatas do Governo.

Concentração de estudantes à porta da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa por melhores condições e mais investimento para o Ensino Superior. Lisboa, 18 de Novembro de 2019
Concentração de estudantes à porta da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa por melhores condições e mais investimento para o Ensino Superior. Lisboa, 18 de Novembro de 2019Créditos / AbrilAbril

A convocatória para a concentração de hoje foi lançada pela Associação de Estudantes da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa (AEFLUL), que apelou aos estudantes que se mobilizassem contra a falta de condições para estudar.

Pragas de ratos e de baratas, falta de casas de banho, janelas partidas, deficiências estruturais nos edifícios e um pavilhão «provisório» desde os anos 70, com amianto no telhado, são algumas das razões que levaram os estudantes a fazer ouvir a sua voz, exigindo a resolução urgente destas questões.

Conscientes de que estas e outras questões só serão ultrapassadas se o Governo dotar o Ensino Superior das verbas necessárias, a acção de luta reivindicou mais financiamento para esta instituição e o reforço da Acção Social Escolar.

Os estudantes protestaram ainda contra o novo aumento do prato social, em cinco cêntimos, verificado este ano, e contra a falta de residências.

Tópico