|Segurança Social

Apoio a desempregados de longa duração duplica alcance em meio ano

O número de beneficiários do apoio extraordinário aos desempregados de longa duração duplicou desde que o prazo para acesso foi reduzido de um ano para seis meses sem subsídio social de desemprego.

Em Janeiro deste ano, quando o Orçamento do Estado para 2018 (OE2018) entrou em vigor, a medida criada em 2016 por proposta do PCP beneficiava 2348 desempregados de longa duração – que deixaram de receber o subsídio social de desemprego há mais de 12 meses.

Com a redução para metade do prazo para acesso ao apoio no OE2018, em que a medida foi renovada por mais um ano, o número de beneficiários foi subindo, tendo superado os 5300 desempregados nos meses de Maio e Junho, segundo dados oficiais divulgados ontem pelo Dinheiro Vivo.

A bancada do PCP já fez saber que pretende que a medida deixe de ser renovada anualmente, em cada Orçamento do Estado, e passe a integrar os apoios sociais em caso de desemprego.

Em causa está um apoio no valor de 80% do último subsídio social de desemprego recebido, a que têm direito os desempregados que deixaram de receber essa prestação social há mais de seis meses.

Tópico