|Ensino Superior

Alunos denunciam carências dos serviços na Universidade do Minho

Estudantes da Universidade do Minho e utentes das residências universitárias dos Serviços de Acção Social promovem um abaixo-assinado exigindo a solução dos problemas que têm enfrentado nos últimos anos.

Frente à Reitoria, no Largo do Paço, em Braga, estudantes da Universidade do Minho reclamam condições nas residências, a 22 de Novembro de 2023 
Frente à Reitoria, no Largo do Paço, em Braga, estudantes da Universidade do Minho reclamam condições nas residências, a 22 de Novembro de 2023 CréditosAvelino Lima / Diário do Minho

Afirmando-se «cientes da grande falta de financiamento que o Ensino Superior sofre, em particular dos Serviços de Acção Social», manifestam a sua preocupação face à «urgência em solucionar os problemas enfrentados tanto pelos estudantes-residentes como pelos SASUM [Serviços de Acção Social da Universidade do Minho], através do reforço urgente do financiamento do Ensino Superior».

Entretanto, sublinham as «graves carências a nível dos serviços disponibilizados pela Universidade do Minho», a falta de condições nas residências universitárias, nomeadamente a falta de equipamentos e manutenção dos existentes (frigoríficos, micro-ondas, aquecedores, fechaduras, chuveiros, cilindros de água quente, colchões, caixilhos de janelas, etc.), a falta de espaços de cozinhas na maioria dos blocos e pisos (Santa Tecla com uma cozinha para 507 residentes, Azurém sem cozinha para 420 residentes) e o encerramento dos serviços de cozinha do refeitório da Santa Tecla, bem como a redução do horário de almoço para metade (das 13h às 14h).

Por outro lado, queixam-se da falta de apoio especializado a estudantes residentes com necessidades especiais, do atraso na atribuição de bolsas e da insuficiência do seu número e valor.

Nesse sentido, reclamam mais financiamento para as instituições de ensino superior, o reforço da acção social escolar e o cumprimento do Plano Nacional de Alojamento do Ensino Superior (PNAES), e exigem que o Governo cumpra com as suas prerrogativas e garanta um «ensino superior público, gratuito, democrático e de qualidade».

Tópico

Contribui para uma boa ideia

Desde há vários anos, o AbrilAbril assume diariamente o seu compromisso com a verdade, a justiça social, a solidariedade e a paz.

O teu contributo vem reforçar o nosso projecto e consolidar a nossa presença.

Contribui aqui