|Seixal

Moinho de Maré de Corroios reabre ao público

A exposição permanente «600 Anos de Moagem» e novos painéis expositivos que convidam à redescoberta do património representativo do concelho marcam a reabertura ao público do histórico edifício.

Aspecto da exposição «600 anos de moagem» no Moinho de Maré de Corroios, na baía do Seixal. O edifício é uma das mais antigas estruturas de moagem da Europa e um exemplo como aproveitamento da energia das marés. Agosto de 2020
Aspecto da exposição «600 anos de moagem» no Moinho de Maré de Corroios, na baía do Seixal. O edifício é uma das mais antigas estruturas de moagem da Europa e um exemplo como aproveitamento da energia das marés. Agosto de 2020Créditos / Câmara Municipal do Seixal

O Moinho de Maré de Corroios, no Seixal, reabre ao público na próxima sexta-feira, dia 7 de Agosto, a partir das 17 horas, segundo informa o Município.

O visitante poderá descobrir a exposição permanente «600 Anos de Moagem no Moinho de Maré de Corroios», agora com novos painéis expositivos, em que se incluem as ilustrações científicas de Mafalda Paiva e de Xavier Pita, que convidam à redescoberta do património representativo do concelho.

O Moinho de Maré de Corroios, edificado em 1403 por iniciativa do Santo Condestável Nuno Álvares Pereira, foi adquirido em funcionamento pelo Município do Seixal em 1980, abrindo ao público em 1986 como um dos núcleos museológicos do Ecomuseu Municipal do Seixal.

Permanece como um exemplo da utilização de energia das marés e da sua aplicação na actividade moageira, sendo uma das mais antigas estruturas desse tipo existentes no nosso País e na Europa.

Situado no sapal de Corroios, área integrada na Reserva Ecológica Nacional, a relevância patrimonial do sítio foi reconhecida através da sua classificação como Imóvel de Interesse Público pelo Decreto n.º 29/84 de 25 de Junho.

A abertura do espaço respeitará as regras – sanitárias em vigor, pelo que é obrigatória a utilização de máscara durante a visita, a desinfecção das mãos à entrada, o cumprimento da etiqueta respiratória, a manutenção da distância física e solicita-se que se evite o manuseamento dos objectos expostos.

A lotação máxima é de sete pessoas de cada vez e a visita não deverá exceder os 20 minutos. Segundo a informação recebida, será dada prioridade aos agendamentos, que poderão ser efectuados através do telefone número 210 976 112 ou do e-mail ecomuseu.se@cm-seixal.pt.

Tópico