|Brasil

Lula continua a liderar sondagens

Mesmo depois de preso, o ex-presidente Lula da Silva permanece à frente das intenções de voto para as eleições presidenciais de Outubro, segundo uma sondagem divulgada este domingo pela Datafolha.

https://www.abrilabril.pt/sites/default/files/styles/jumbo1200x630/public/assets/img/6982.jpg?itok=v4XHLie4
Lula da Silva de regresso ao Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em São Bernardo do Campo (São Paulo), depois da sua última intervenção pública antes de se entregar à Polícia Federal. 7 de Abril de 2018
Lula da Silva de regresso ao Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em São Bernardo do Campo (São Paulo), depois da sua última intervenção pública antes de se entregar à Polícia Federal. 7 de Abril de 2018CréditosRicardo Stuckert / Mídia Ninja

De acordo com a sondagem, o fundador do Partido dos Trabalhadores, Lula da Silva, permanece à frente das intenções de voto para as eleições presidenciais de outubro, arrecadando 31% dos eleitores.

Apesar de estar detido e de estar a ser alvo de uma intensa campanha, Lula da Silva mantém uma larga distância perante o segundo candidato de extrema-direira e apologista da ditadura militar, Jair Bolsonaro, que reúne 15%. Segue-se em terceiro a ex-ministra do ambiente, Marina da Silva, que junta 10% das intenções de voto.

Já o actual presidente, Michel Temer, só alcança 2%, largamente condenado pelas políticas anti-sociais do seu governo, depois de ter substítuido Dilma Rousseff após «o golpe».

O ex.presidente encontra-se actualmente detido há mais de uma semana, depois de se ter entregado às autoridades. «Vou cumprir o mandato, e vocês vão ter que se transformar em Lulas e vão andar por este país fazendo o que precisa ser feito. Eles têm que saber que a morte de um combatente não pára a revolução», afirmou Lula à altura.

Tópico