|Música

Susana China com novo álbum em Dezembro

Depois da boa recepção de Trapézio, a cantora e compositora Susana China prepara um novo álbum de originais.

Créditos / Susana China

A cantora e compositora Susana China anunciou para Dezembro o lançamento de um novo álbum de originais, Ponto de Fuga, com um tema de avanço ao álbum a estar disponível já em Outubro.

O seu primeiro trabalho, Trapézio, lançado em 2018, recebeu boa aceitação da parte do público e da crítica. «Uma nova cantora que se afirma com um disco de estreia sólido», escreveu Nuno Catarino na publicação online musical Bodyspace, em artigo no qual realça também a «qualidade vocal» e a «originalidade» da artista, apoiado em jovens músicos da cena jazz nacional.


A cantora e letrista edita agora um segundo trabalho, composto unicamente por temas originais, partilhando a co-autoria com o guitarrista Guilherme Pinto. Segundo o comunicado de imprensa recebido, o novo álbum «continuará a expor algumas das sonoridades do álbum anterior» e a improvisação instrumental terá uma presença «mais subtil», cabendo «à palavra, maioritariamente em português», o papel principal nesta «narrativa de canções».

Susana China nasceu em Condeixa e estudou em Coimbra. Começou a cantar há vinte anos e é professora de voz há quinze em diversas escolas na região de Coimbra. Tocada pelo jazz, que estudou, e pela música brasileira, decidiu-se há dois anos por reunir um conjunto original de canções. O resultado foi Trapézio, gravado no auditório do Conservatório de Música de Coimbra em Março de 2018.

Em Abril de 2019 Susana China viu Trapézio ser nomeado, entre cinco trabalhos a nível mundial, para a 17.ª edição dos Independent Music Awards (IMAs), na categoria de melhor álbum de jazz vocal 2018. O trabalho deu origem a uma outra nomeação portuguesa para os IMAs: a da designer Mariana Seiça, responsável pelo grafismo do discom, que foi nomeada na categoria arte de álbum/fotografia.

Os IMAs são uma distinção criada em 2000 pelo Music Resource Group, é atribuída anualmente e visa premiar gravações e trabalhos auto-distribuídos ou lançados por editoras independentes.
 

Tópico