|fotografia

«Manoel de Oliveira fotógrafo» em exposição no Porto

Uma exposição com cem fotografias da autoria de Manoel de Oliveira, guardadas durante várias décadas e na sua maioria inéditas, revelam uma faceta desconhecida do realizador.

Aspecto da exposição «Manoel de Oliveira fotógrafo», que estará patente ao público na Casa do Cinema Manoel de Oliveira, espaço integrado no parque de Serralves, no Porto, até 18 de Abril de 2021
Aspecto da exposição «Manoel de Oliveira fotógrafo», que estará patente ao público na Casa do Cinema Manoel de Oliveira, espaço integrado no parque de Serralves, no Porto, até 18 de Abril de 2021 CréditosJosé Coelho / LUSA

Foi inaugurada esta semana na Casa do Cinema Manoel de Oliveira, espaço integrado no parque de Serralves, no Porto, uma exposição de 100 fotografias da autoria do realizador Manoel de Oliveira.

As imagens, produzidas entre o final dos anos 1930 e meados dos anos 1950, foram guardadas durante várias décadas e são na sua maioria inéditas.

Revelam não só uma faceta desconhecida de Oliveira – a sua actividade enquanto fotógrafo –, como abrem igualmente novas perspectivas sobre a evolução da sua obra cinematográfica.

As fotografias encontravam-se no acervo Manoel de Oliveira, integralmente depositado em Serralves, «algumas organizadas pelo realizador e outras que estavam dispersas», explicou à agência Lusa o curador da exposição, António Preto.

«Apenas duas tinham sido publicadas nos catálogos dos salões de arte fotográfica em que participou, entre 1939 e 1945. Aquilo que apresentamos é uma faceta desconhecida de Manoel de Oliveira», descreveu o curador.

A exposição «Manoel de Oliveira fotógrafo» estará patente ao público até 18 de Abril de 2021.

A programação paralela da exposição contará com um ciclo de cinema sobre a presença da fotografia na carreira do realizador, bem como com um ciclo de conferências. Será ainda editado um catálogo em português e inglês que, além de introdução de António Preto, terá ensaios de vários especialistas.

com Lusa

Tópico