|fotografia

Exposição sobre o património industrial na Galeria Municipal de Corroios

«Património Industrial – Da Pré-industrialização à Industrialização no Concelho do Seixal» é o título da exposição de fotografia de Luís Filipe Azevedo que pode ser vista em Corroios até 19 de Março.

Créditos / cm-seixal.pt

«Em 1990, Luís Filipe Azevedo apreendeu, interpretou e registou, de forma muito pessoal, os testemunhos da intensa e diversificada actividade económica e industrial que esteve na origem da exposição», afirma o presidente do município seixalense numa nota sobre a mostra, que foi inaugurada no passado dia 5 e pode ser apreciada de terça-feira a sábado, entre as 15h e as 19h.

«Hoje, ao repormos esta exposição, continuamos a testemunhar a modificação da paisagem humana e do trabalho, não como meros espectadores, mas como intervenientes activos», destaca o presidente da Câmara Municipal do Seixal.

«Muitos destes registos e testemunhos desapareceram ou deram lugar a novas realidades», refere Joaquim Santos, apontando que o concelho «cresceu, ganhou novas dinâmicas».

Sobre o autor

Luís Filipe Azevedo nasceu em Moçambique, em 1959, tendo concluído o curso no Instituto Português de Fotografia e realizado mestrados nos EUA, no Reino Unido e na Alemanha.

Frequentou vários cursos e workshops técnicos, como iluminação de estúdio, análise crítica, estética e composição artística, técnica fotográfica em médio e grande formato, história da arte contemporânea ou história da fotografia.

Foi fotógrafo editor oficial da Expo 98. Desde 1990, participou, como fotógrafo, em múltiplas exposições individuais e colectivas em vários países, encontrando-se representado tanto em colecções particulares como em museus nacionais e estrangeiros.

Tópico