|Braga

Beckett e Saramago em destaque no Theatro Circo

O Theatro Circo, em Braga, vai receber o Ensaio sobre a Cegueira, encenado por Nuno Cardoso, e um À Espera de Godot, por Gábor Tompa, entre os destaques da programação até Dezembro. 

CréditosHugo Delgado / Agência Lusa

Ensaio sobre a Cegueira, a partir da obra do prémio Nobel da Literatura português, José Saramago, chega a Braga nos dias 25 e 26 de Novembro, com encenação do director artístico do Teatro Nacional São João (TNSJ), Nuno Cardoso, que a estreou no palco do Porto em Junho.

Também a partir do TNSJ chega uma encenação da peça À Espera de Godot, de Samuel Beckett, pelo húngaro Gábor Tompa, que é apresentada nos dias 15 e 16 de Dezembro.

Em Novembro, a programação arranca com Rubble King, cocriação de André Cabral e Marco da Silva Ferreira com direcção artística de Duarte Valadares, no dia 3, seguindo-se a actuação da cantora Dulce Pontes, no dia 5. Pelo meio, há David Fonseca, a apresentar os seus mais recentes trabalhos.

A Companhia Útero apresenta Hamlet, L’Ange du Bizarre, de Miguel Moreira, no dia 18 de Novembro, semanas depois de se apresentar no Centro Cultural Vila Flor, em Guimarães.

Um dia depois actuam Edu Lobo e Mônica Salmaso, e a 29 de Novembro, o Theatro Circo acolhe Lisa Gerrard e Jules Maxwell, numa das sete datas que a dupla vai ter em Portugal no contexto do Misty Fest.

Já em dezembro, no dia 3, «o pianista Luis Magalhães convida a violinista Alissa Margulis para tocarem obras de Arvo Pärt e Edward Elgar».

No último mês do ano, o Theatro Circo integra também a passagem por Portugal de Ólafur Arnalds, dia 17, enquanto no dia 28 é apresentada a peça Mais de Cem Mil Dias, de Inês Pupo, com direcção artística de Gonçalo Pratas e música de Filipe Raposo.

Até lá, entre Setembro e Outubro, o Theatro Circo ainda vai ser palco de Arca Ostinata, de Nino Laisné, do Festival para Gente Sentada, de um concerto de Tim Bernardes e do Semibreve, entre muitos outros espectáculos.


Com agência Lusa

Tópico