|lutas sindicais

Trabalhadores da Ecoslops com acordo positivo

A Ecoslops, com instalações em Sines, respondeu positivamente ao caderno reivindicativo apresentado pelos trabalhadores, com o apoio do sindicato, para o ano de 2019

Refinaria de resíduos tipo «slops» em Sines, da Ecoslops.
Refinaria de resíduos tipo «slops» em Sines, da Ecoslops. Créditos / Transportes e Negócios

Segundo comunicado recebido do Sindicato dos Trabalhadores das Indústrias Transformadoras, Energia e Actividades do Ambiente do Sul (SITE Sul), foi estabelecido com a Ecoslops um acordo relativamente às matérias constantes de um Caderno Reivindicativo apresentado, para o ano de 2019, por trabalhadores e sindicatos. Entre as reivindicações satisfeitas contam-se:

a) aumentos salariais, tanto para os operadores (42€) como para os chefes de equipa (48€ de subsídio de turno);

b) atribuição de um seguro de saúde para todos os trabalhadores e uma compensação do mesmo em 375€;

c) distribuição gratuita de acções da empresa por cada trabalhador (138 acções com um valor unitário actual de 10€);

d) um prémio de objectivos para os Operadores e Chefes de equipa, no valor de 1000€ (a pagar trimestralmente em Abril, Junho, Outubro e Janeiro 2020);

e) um prémio de compensação salarial 2019 para os trabalhadores não abrangidos no ponto 1, com um valoranual de 600€ (a pagar em 2020, nos mesmos termos do ponto anterior.

Foi também acordado, entre as partes, continuar a negociação de uma nova tabela salarial com progressão de carreira, a ser aplicada a partir de Janeiro de 2020, pela qual os Analistas de Laboratório e os Operadores de Produção virão a receber o mesmo salário.

Segundo o comunicado acima referido, «a unidade e a organização dos trabalhadores», em articulação com o Sindicato, contribuiu decisivamente para que «a empresa respondesse positivamente às justas reivindicações dos trabalhadores».

A apresentação do caderno reivindicativo foi precedida da organização dos trabalhadores e 

A negociação foi precedida por um processo de organização dos trabalhadores, durante o qual foram eleitos delegados sindicais e preparado o caderno reivindicativo para 2019, que foi aprovado em plenário de trabalhadores antes de ser submetido à administração da empresa.

A Ecoslops, que opera no porto de Sines, é a única no mundo que recicla os resíduos produzidos pelos navios – os chamados slops. A empresa tem vindo a aumentar consistentemente a produção de combustível naval e betão leve a partir de resíduos petrolíferos na sua refinaria de Sines e está em vias a replicação da da mesma no porto de Marselha (França).

Tópico