|administração pública

Administração Pública anuncia greve para 20 de Março

A decisão foi revelada durante um plenário nacional de sindicatos da administração pública, realizado esta tarde junto à residência oficial do primeiro-ministro, que juntou dezenas de sindicalistas.

CréditosJoão Relvas / LUSA

A Frente Comum de Sindicatos da Administração Pública (CGTP-IN) anunciou hoje uma greve nacional para 20 de Março, exigindo aumentos salariais de 90 euros para todos os trabalhadores em 2020 e a «correcção urgente» da tabela remuneratória única.

O anúncio da greve foi feito no dia em que Ana Avoila deixa a coordenação da Frente Comum, sendo substituída por Sebastião Santana.

Os sindicatos da Frente Comum exigem uma «efectiva negociação por aumentos salariais reais», depois de o Governo ter avançado com uma actualização de 0,3% para a Função Pública e um acréscimo de dez euros nos dois níveis remuneratórios mais baixos (até cerca de 700 euros).

No passado dia 31 de Janeiro, os trabalhadores da Administração Pública realizaram uma manifestação nacional que contou com a participação de milhares de funcionários públicos e outros profissionais.

Além do aumento salarial de 90 euros e da correcção da tabela remuneratória única, a Frente Comum exige a contagem de todo o tempo de serviço nas carreiras, a actualização do subsídio de refeição para 6,5 euros e a reposição dos 25 dias de férias na Administração Pública.


Com agência Lusa

Tópico