|Banca

Instituição prepara entrada da Santa Casa no banco

Montepio oferece 100 milhões para recuperar Caixa Económica

A Montepio Geral – Associação Mutualista (AM) pretende recuperar os 100 milhões de euros do capital da Caixa Económica que alienou em 2013. Oferta pública de aquisição (OPA) tem valor igual ao valor nominal de cada unidade de participação.

A transformação em sociedade anónima pode abrir o capital da Caixa Económica a privados
A transformação em sociedade anónima pode abrir o capital da Caixa Económica a privadosCréditos / ArtCliff

A OPA foi anunciada ontem ao final da tarde, após o fecho das negociações na bolsa de Lisboa, à Comissão do Mercado de Valores Imobiliários (CMVM). Por cada uma das unidades de participação na Caixa Económica Montepio Geral, a AM oferece um euro. Caso seja aceite na totalidade, a OPA vai custar cerca de 106 milhões de euros.

A Montepio Geral criou um fundo de participação da Caixa Económica em 2013, entrando em negociação em bolsa no ano passado. Nesse processo, a AM alienou 26,5% do capital do banco entre 2013 e 2015, que agora pretende recuperar.

Apesar de as unidades de participação terem estado a negociar cerca dos 50 cêntimos, o valor nominal de cada uma é de um euro, igual ao que a AM oferece agora.

A Montepio Geral pretende recuperar a totalidade do capital do banco para concretizar a sua transformação em sociedade anónima e retirá-lo da negociação bolsista. Recorde-se que decorrem negociações com a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa para a entrada da instituição no capital da Caixa Económica e um processo de aumento de capital no valor de 250 milhões de euros, subscrito integralmente pela AM.

Tópico

Contribui para uma boa ideia

Desde há vários anos, o AbrilAbril assume diariamente o seu compromisso com a verdade, a justiça social, a solidariedade e a paz.

O teu contributo vem reforçar o nosso projecto e consolidar a nossa presença.

Contribui aqui