|Porto

Junta das freguesias históricas do Porto delapida património

O Executivo da União de Freguesias do centro histórico do Porto quer mudar definitivamente a sede da autarquia, abdicando do espaço próprio que lhe pertence, e vender dois prédios do seu património edificado.

A antiga sede da Junta de Freguesia de Cedofeita pertence à actual União de Freguesias de Cedofeita, Santo Ildefonso, Sé, Miragaia, São Nicolau e Vitória. Foto de arquivo (2009)
A antiga sede da Junta de Freguesia de Cedofeita pertence à actual União de Freguesias de Cedofeita, Santo Ildefonso, Sé, Miragaia, São Nicolau e Vitória. Foto de arquivo (2009) CréditosManuel de Sousa / CC BY-SA 3.0

O Executivo da União de Freguesias de Cedofeita, Santo Ildefonso, Sé, Miragaia, São Nicolau e Vitória, pretende fazer aprovar, pela Assembleia de Freguesia que hoje se realiza, a alienação da sede da autarquia e de dois prédios integrantes do seu património edificado.

A denúncia é feita pela Coligação Democrática Unitária (CDU) do Porto, que, em nota de imprensa, acusa o Executivo de delapidar o património da autarquia e anuncia que votará contra as medidas propostas.

O comunicado recorda que esta não é a primeira alienação patrimonial do Executivo da Junta de Freguesia, constituído por membros da lista «Rui Moreira: Porto, o Nosso Partido», referindo-se à venda da sede da antiga Junta de Freguesia de São Nicolau à Câmara Municipal do Porto (CMP) por um milhão de euros.

A CDU condena «este percurso e esta gestão danosa do património das freguesias» e defende, frente a «este ou futuros executivos», uma «gestão mais cuidada do mesmo, no respeito por todos aqueles que contribuíram para a sua constituição».

Tópico