|cuidados de saúde

Alcanena protesta contra a falta de médicos

Realizou-se esta quarta-feira uma concentração popular em Alcanena, em protesto contra a falta de médicos e a degradação da prestação de cuidados de saúde no concelho.

Utentes do Centro de Saúde em Riachos, Torres Novas, que alberga também a sede do Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) do Médio Tejo, reclamaram por médicos de família e pediram a defesa do Serviço Nacional de Saúde (SNS), a 24 de Junho de 2022
Utentes dos Centros de Saúde do Médio Tejo protestaram em várias localidades Créditos / mediotejo.net

Com este protesto, promovido pelas comissões de utentes da Saúde do Médio Tejo e dos Serviços Públicos do Concelho de Alcanena, a população insiste na denúncia do facto de «mais de 7500 utentes do concelho de Alcanena (63% da população) não terem médico de família atribuído», o que coloca este concelho como um dos piores na região do Médio Tejo quanto à prestação de cuidados primários de saúde.

A população do concelho reivindica medidas extraordinárias para garantir cuidados de saúde nos centros de Saúde e extensões das freguesias, com mais trabalhadores, em particular médicos, e a melhoria da organização dos
serviços, nomeadamente através do investimento «em espaços e equipamentos» e na valorização das condições profissionais
dos trabalhadores da saúde.

Tópico