|poesia

Poesia em Setúbal com «O som da tinta»

Sophia de Mello Breyner Andresen e Manuel Gusmão são os dois homenageados do Festival de Poesia Contemporânea, que se realiza na Casa da Cultura entre 14 e 17 de Novembro.

Manuel Gusmão, c. 2016.
Manuel Gusmão, c. 2016. Créditos / Revista Caliban

A iniciativa é organizada pela Câmara Municipal de Setúbal em parceria da livraria Culsete e, desde o dia 14 de Novembro, estará patente uma feira de livros, na qual a aquisição de um livro de poesia garante um bilhete para um dos concertos do festival.

O mote é a divulgação de «livros de poesia, alguns que nem sempre [se] encontra imediatamente nas livrarias», lê-se em nota enviada pela autarquia à imprensa.

O festival conta com a realização de duas conferências de entrada livre, «Sophia: A Lux Aeterna da Poesia», dirigida, dia 15 de Novembro, pelo professor Armando Carlos Cortez e «Manuel Gusmão: A palavra sobre o Mundo» conduzida, no dia seguinte, pelo professor Fernando Martinho. Nos mesmos dias estarão em cena ainda concertos da Lisbon Poetry Orchestra e de Lula Pena.

O programa do festival conta ainda com uma uma homenagem ao poeta Manuel Gusmão com declamação de poemas pelo Grupo de Teatro da Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Setúbal.

Também o Teatro da Rainha apresenta «Pouso da Poesia» que se propõe a fazer uma viagem pela língua portuguesa, num roteiro desde o século XIII, passando pelos poetas do Cancioneiro Geral, e que chega à poesia dos nossos dias.

Tópico