|Aqui há Jazz

O Jazz volta hoje a Sesimbra

Entre 8 e 11 de Setembro, vão passar pelo Castelo de Sesimbra «alguns dos melhores intérpretes nacionais deste estilo musical», em concertos inteiramente gratuitos.

O Sexteto de Jazz de Lisboa actua no SeixalJazz em 2020 
O Sexteto de Jazz de Lisboa actua no SeixalJazz em 2020 Créditos / Câmara Municipal do Seixal

A programação deste ano vai contar com «alguns dos melhores intérpretes nacionais deste estilo musical», entre os quais se contam «Mário Laginha, Tomás Pimentel, Edgar Caramelo, Mário Barreiros, Bárbara Lagido ou João Paulo Esteves da Silva». O espectáculo de abertura é já hoje e está a cargo do Sexteto de Jazz de Lisboa.

Aquele que é um dos «primeiros e mais notáveis grupos de jazz português, formado na década de 80 por músicos de enorme talento», de constituição relativamente alargada e, «uma frente de três instrumentos de sopro», um trompete e dois saxofones, aceitaram o repto lançado por António Curvelo e Manuel Jorge Veloso para, ao fim de quase 30 anos, «se reencontrarem em palco integrando o Ciclo “Histórias do Jazz em Portugal”».

Prometem revisitar criativamente o repertório do único disco do grupo e apresentar as novas composições e arranjos da autoria dos seus vários membros, «Mário Laginha no piano, Tomás Pimentel no trompete, Ricardo Toscano, saxofone alto, Edgar Caramelo, saxofone tenor, Francisco Brito, no contrabaixo, e Mário Barreiros na bateria».

Na quinta-feira, dia 9, é a vez do Gonçalo Sousa Quinteto, seguido, na sexta-feira, dia 10, pelo espectáculo do Yuri Daniel, «músico nascido no Brasil, mas a viver em Portugal há vários anos, onde frequentou a Escola de Jazz do Hot Clube de Portugal e colaborou com nomes como Rui Veloso, Pilar Homem de Melo, Dulce Pontes, Sérgio Godinho, José Mário Branco, Maria João, Mário Laginha ou Ivan Lins».

Os concertos terminam sábado, dia 11 de Setembro, com os Cais Sodré Funk Connection, «banda de veteranos da música portuguesa e verdadeiros embaixadores do funk & soul», mas há mundo «para além da música».

O festival, organizado pela Câmara Municipal de Sesimbra, propõe duas sessões de yoga para o dia 12 de Setembro, domingo, «acompanhadas pelos ritmos do jazz e por conversas sobre Jazz e Outras Músicas de Portos», com Paulo Carvalho e Filipe Pessanha. Estas iniciativas vão ter lugar no Castelo e no Parque da Vila, na Quinta do Conde.

A entrada é gratuita em todas as actividades, mediante a lotação do espaço.

Tópico