|José Goulão

José Goulão: as tendências gerais do mundo

Na próxima quarta-feira o jornalista José Goulão estará na Fundação José Saramago, às 18h30, para a terceira e última sessão de um ciclo de debates realizado durante o mês de Fevereiro. Não perca.

A Casa dos Bicos ou de Brás de Albuquerque : Núcleo Arqueológico e Fundação José Saramago.
A Casa dos Bicos ou de Brás de Albuquerque : Núcleo Arqueológico e Fundação José Saramago. CréditosJosé Vicente | CML | DPC | 2018

O jornalista José Goulão estará na próxima quarta-feira, dia 20 de Fevereiro, na Fundação José Saramago, pelas 18h30, para uma sessão dedicada «às tendências gerais existentes no mundo, designadamente os avanços do fascismo, a cultura de guerra, a permanente crise da economia neoliberal e o aparecimento de coligações informais alternativas ao cenário ainda dominante, polarizado pelos Estados Unidos».

Trata-se da terceira e última sessão de um ciclo promovido pela Fundação José Saramago, com a colaboração do AbrilAbril. Tal como nas anteriores sessões, o debate será moderado por Graça Gonçalves.

Em 6 de Fevereiro Coisas do outro mundo: fragmentos da actualidade que não cabe nas notícias, serviu de ponto de partida para debater «o abandono do Tratado que proíbe a instalação de mísseis de médio alcance pelos Estados Unidos, o golpe na Venezuela e a nova situação no Brasil», os «riscos efectivamente existentes de uma guerra nuclear e os desenvolvimentos em curso para o reforço do domínio norte-americano sobre a América Latina».

A 13 de Fevereiro foi Contos Correntes (ficção) que conduziu o debate para «a herança deixada pela troika em Portugal, abrindo a discussão para a situação geral da União Europeia e, por inerência, os atentados cometidos contra a soberania portuguesa».

O autor

José Goulão é jornalista há 45 anos. Escreveu em jornais, revistas e livros, falou aos microfones de estações de rádio e perante câmaras de várias televisões. Relatou, investigou e comentou alguns dos principais acontecimentos nacionais e, principalmente, internacionais das últimas décadas. Desde Julho de 2018 dirige o jornal digital de informação internacional O lado oculto – antídoto para a propaganda global. Colabora com o AbrilAbril desde 2016.

Tópico