|Setúbal

Projecto d'O Bando assinala Dia Internacional das Migrações

A exibição de um documentário sobre o Movimento Zebra, projecto inédito de formação teatral do Teatro O Bando, assinala o Dia Internacional das Migrações, em Setúbal.

Créditos / Município de Setúbal

O documentário Movimento Zebra – História de uma Ocupação, realizado por Raquel Belchior e Juliana Pinheiro, será projectado esta sexta-feira pelas 20h30 no Cinema Charlot – Auditório Municipal, no âmbito do Dia Internacional das Migrações. 

O Movimento Zebra propõe a promoção da interculturalidade através da criação artística, num processo de formação na área teatral, e «começou a ser imaginado nas ruas de Setúbal», lê-se num comunicado do Município sadino.

«Levámos cartazes traduzidos em várias línguas, parámos o trânsito, fomos aos bairros. Falámos com as pessoas dos mais variados contextos sociais, idades e nacionalidades, e convidámo-las a fazer do teatro um pretexto para se juntarem», referem as realizadoras do Teatro O Bando. 

«Depois de um processo de formação de nove meses, ocupámos uma antiga gráfica onde procurámos a voz e o gesto de cada um, a sua revolução pessoal», acrescentam.

Ao longo de 20 minutos, o filme testemunha a ocupação teatral do movimento nas instalações de A Gráfica – Centro de Criação Artística, em tempos de pandemia. Após a sua exibição, terá lugar uma conversa informal com a equipa técnica e o elenco.

O Movimento Zebra integra o «Setúbal, Território Intercultural – Concepção e Implementação do Plano Municipal para a Integração de Migrantes», promovido pela autarquia e co-financiado pelo Fundo Asilo, Migração e Integração (FAMI).

Tópico