|Lisboa

Lisboa vai ter bicicletas gratuitas «à experiência»

A Câmara de Lisboa aprovou uma proposta do PCP que prevê a gratuitidade das bicicletas da rede Gira, a título experimental, e a implementação de medidas que estimulem a utilização da bicicleta na cidade. 

Créditos / Twitter

Aprovada por unanimidade, esta quinta-feira, a proposta dos eleitos comunistas prevê, desde logo, o reforço do número de bicicletas da rede Gira, alargando a implantação do sistema de bicicletas partilhadas às zonas da cidade que actualmente não estão cobertas. 

A medida vai funcionar num período experimental, através da criação de passes mensais com disponibilidade de horas para uso destes equipamentos dirigido a residentes no concelho de Lisboa, estudantes que frequentem estabelecimentos de ensino localizados na capital e trabalhadores com local de trabalho habitual no concelho. 

Simultaneamente, os vereadores do PCP propõem que seja criado um plano de ciclovias «que efective a concretização de uma rede e que interligue os vários troços», o qual deverá ser «amplamente discutido com as populações». 

A reparação das ciclovias e o reforço da sinalização vertical e horizontal, inclusive nas vias partilhadas, fazem parte do conjunto de medidas aprovadas ontem, para que o direito de mobilidade dos peões não seja esquecido e a circulação dos ciclistas seja feita em segurança. 

Está também prevista a criação de zonas de estacionamento para bicicletas, que acautelem a segurança destes equipamentos, e de uma linha específica de apoio da Câmara Municipal de Lisboa ao financiamento da reparação de bicicletas usadas por particulares.

Tópico