|Associação de Municípios da Região de Setúbal

2020 será ano de trabalho reforçado pelo distrito de Setúbal

A Associação de Municípios da Região de Setúbal (AMRS) aprovou o plano para 2020, que prevê o desenvolvimento do território e o acompanhamento «profundo e exigente» da transferência de competências.

Entre os representantes de entidades regionais, estarão presentes directores de escolas e também dos agrupamentos de centros de saúde e de hospitais
Créditos / CC BY-SA 3.0

A organização que agrega todos os municípios do distrito de Setúbal aprovou as grandes opções do plano (GOP) para o próximo ano, definindo medidas estratégicas em torno do desenvolvimento da região, que passam pela defesa da distribuição dos Fundos Europeus Estruturais e pela consolidação do Plano de Acção Estratégico da Região de Setúbal.

As autarquias definem que o processo de transferência de competências definido pelo Governo do PS exige «um acompanhamento muito profundo e exigente, sendo uma matéria que se reveste de grande complexidade técnica e legal, mas também política», uma vez que os «impactos, em especial no sector de educação, terão enormes reflexos na vida das autarquias e de toda a comunidade», lê-se em nota enviada à imprensa.

O próximo ano ficará também marcado pelo reforço da actividade dos grupos de trabalho intermunicipais «nos diversos domínios de actuação das autarquias, quer ao nível dos eleitos, quer ao nível dos técnicos, com a criação de dois novos grupos focados nas áreas da Protecção Civil e da Habitação».

A AMRS quer ainda acentuar o trabalho de projectos como o Plano Estratégico Intermunicipal para a Formação e Qualificação Profissional ou Setúbal-Península Digital.

Ambiente e Cultura

A organização de municípios tem em mãos o desafio de submeter, em 2020, a candidatura da Arrábida a Reserva da Biosfera.

As GOP determinam a continuidade de iniciativas conjuntas que envolvem centenas de milhares de munícipes, como «o Festival Liberdade, o Encontro de Leitura Pública, os Jogos do Futuro, o projecto Kid's Guernica, a Quinta de São Paulo, através dos conventos e da quinta pedagógica, ou o Museu de Arqueologia e Etnografia do Distrito de Setúbal», lê-se no texto.

O ano de 2020 ficará também marcado pela realização de um «grande Encontro Regional da Cultura, que agregue no mesmo espaço diversos saberes e visões sobre a intervenção do poder local».

Tópico