|Dia Internacional dos Museus

Silves revela a sua história no Dia dos Museus

«Os Museus como Centros Culturais: o futuro da tradição» é o tema deste ano do Dia Internacional dos Museus que a Câmara Municipal de Silves volta a destacar na sua programação cultural. 

O Museu Municipal de Arqueologia de Silves vai passar a ter legendagem uniformizada nas línguas portuguesa e inglesa
A autarquia destaca a oficina de restauro de objectos cerâmicosCréditos / Câmara Municipal de Silves

O Dia Internacional dos Museus, que se comemora amanhã, 18 de Maio, será vivido pelo Museu Municipal de Arqueologia de Silves (MMAS) com entradas gratuitas para diversas iniciativas. 

A partir das 10h, revela a autarquia num comunicado, o MMAS abrirá «vitrinas renovadas alusivas ao período romano, contendo objectos provenientes da villa romana da Corte (SB Messines), área que conheceu ocupação desde a Pré-história até à Alta Idade Média, tendo assumido funções de unidade de exploração agrícola desde o início da romanização do nosso território».

Entre outras iniciativas, como a «Vestidos de História», através das quais os visitantes poderão tirar forografias trajados com fatos históricos ou simples adornos, estão previstas no MMAS visitas acompanhadas com «personagens históricos (Pré-Histórico/Romano/Islâmico/Navegador)», que apresentarão a história daquela região em cada período temporal. 

Como «oportunidade única», a Câmara Municipal de Silves destaca a «Clínica de Cacos», uma oficina de restauro de pequenos objectos cerâmicos, com o apoio do Serviço de Conservação e Restauro da autarquia. 

Como habitual, a programação do Dia Internacional dos Museus estende-se ao Museu do Traje e das Tradições, em São Bartolomeu de Messines. 

Tópico