|cinema

A Monstrinha vai à escola

A edição deste ano da Monstrinha vai às escolas entre os dias 1 de Março e 30 de Abril. É uma «vacina de arte, cultura, emoção e pensamento, fundamental para a nossa imunidade», realça a organização.

«As mãos voadoras», de Giovanni Meola
«As mãos voadoras», de Giovanni MeolaCréditos / Monstrinha

Devido à pandemia, o Monstra – Festival de Animação de Lisboa alterou o formato da habitual Monstrinha Escolas e programou sessões para escolas de todo o País, ao longo dos meses de março e abril, de forma completamente gratuita.

Ao todo, revela a organização num comunicado, vão ser apresentadas quatro sessões, compostas por 27 curtas-metragens de animação de todo o mundo, para crianças e jovens dos 3 aos 17 anos (com sessões dos 3 aos 5 anos, dos 6 aos 9 anos, dos 10 aos 14 anos e a Geração M para os alunos do Ensino Secundário).

Os filmes vão ser apresentados em ambiente escolar, na sala de aula ou nos auditórios, salvaguardando a segurança sanitária de alunos e professores, e até ao momento já foram inscritos cerca de 12 mil alunos de diferentes localidades.

No ano passado, em virtude do surto da Covid-19, o cinema de animação seleccionado pela Monstrinha chegou a mais de 45 mil crianças, jovens e famílias, através da RTP2, e a mais de 19 mil alunos nas escolas portuguesas, com um programa especial nos meses de Outubro e Novembro. 

A edição de 2021 do Festival Monstra vai realizar-se de 10 a 21 de Março e este ano vai homenagear o cinema de animação belga.

Tópico