|Património

Linhas de Torres são património nacional

O Governo decidiu classificar as Linhas de Torres como património nacional, uma reivindicação antiga da Associação para o Desenvolvimento Turístico e Patrimonial das Linhas de Torres.

O Forte do Alqueidão, em Sobral de Monte Agraço, é um dos mais impressionantes pontos de observação das Linhas de Defesa da cidade de Lisboa, conhecidas como Linhas de Torres.
O Forte do Alqueidão, em Sobral de Monte Agraço, é um dos mais impressionantes pontos de observação das Linhas de Defesa da cidade de Lisboa, conhecidas como Linhas de Torres.Créditos

Além da classificação como património nacional, vai ser criada uma zona especial de proteção em volta de cada uma das estruturas militares classificadas, como fortes e estradas militares, das primeira e segunda linhas defensivas.

A Rota Histórica das Linhas de Torres – Associação para o Desenvolvimento Turístico e Patrimonial das Linhas de Torres Vedras, que integra os municípios de Arruda dos Vinhos, Loures, Mafra, Sobral de Monte Agraço, Torres Vedras e Vila Franca de Xira, cuja missão é também contribuir para a salvaguarda, conservação e valorização do património das Linhas de Torres, há muito que vinha insistindo na salvaguarda deste património.

Em 2014, a Assembleia da República já tinha deliberado, por unanimidade, instituir o dia 20 de Outubro como o Dia Nacional das Linhas de Torres, homenageando desta forma a memória e a resistência do povo português aliada à estratégia e engenharia militar.

Tópico