|Música

Camané e Mário Laginha juntos em novo projecto ao vivo

O fadista Camané e o pianista e compositor Mário Laginha juntaram-se num novo projecto, «Aqui está-se sossegado», que será apresentado ao vivo no próximo ano.

«Aqui está-se sossegado» será apresentado em várias localidades, sendo certo que, a 26 de Janeiro, passa pela Casa da Música, no Porto, e, a 9 de Fevereiro, por Águeda, disse à Lusa o agente de Camané.

O fadista e o pianista «já deram vários concertos juntos», e do «excelente entendimento sentido nessas colaborações esporádicas» resulta «o inevitável aprofundamento desta simbiose».

Este novo projeto é «de raiz para dar mais brilho a uma voz e a um piano que se descobriram cúmplices desde a primeira vez que encheram um palco».

O alinhamento dos concertos incluirá «cerca de duas dezenas de temas, saídos do cânone fadista tradicional, do repertório de Camané, e incluirá também inéditos compostos por Mário Laginha que, recorde-se, musicou já um poema de Álvaro de Campos (heterónimo de Fernando Pessoa) para Camané, "Ai Margarida"».

O álbum mais recente de Camané, Camané canta Marceneiro, foi editado em Outubro do ano passado. No disco, que conta com a participação de Carlos do Carmo, o fadista recriou temas do repertório de Alfredo Marceneiro (1891-1982), como «Ironia» ou «A Casa da Mariquinhas».

Em Julho venceu, com aquele que é o seu oitavo álbum de estúdio, o Prémio Manuel Simões para Melhor Disco de Fado, no ano da criação do galardão. Já foi distinguido com três prémios Amália e venceu por duas vezes a Grande Noite do Fado de Lisboa, em juniores e seniores.

Camané fez parte do projecto Humanos, de homenagem a António Variações, com Manuela Azevedo, David Fonseca, Helder Gonçalves e Nuno Rafael, lançado em 2004.

Mário Laginha tem uma carreira de mais de duas décadas no jazz, em nome próprio e em partilha com outros artistas, como Maria João, Carlos Bica e Miguel Amaral.

Em finais de Setembro do ano passado, o pianista editou o álbum Setembro, com o saxofonista inglês Julian Arguelles e o baterista norueguês Helge Andreas Norbakken.


Agência Lusa

Tópico