|Moita

Biblioteca da Moita: 21 anos ao serviço da leitura

Para assinalar os 21 anos da Biblioteca Municipal Bento de Jesus Caraça, a Câmara da Moita preparou um programa de actividades até 13 de Maio. Esta tarde decorre o apagar de velas.

Biblioteca Municipal Bento de Jesus Caraça
Biblioteca Municipal Bento de Jesus CaraçaCréditos / Câmara Municipal da Moita

O recheado programa de iniciativas decorre desde quarta-feira, 9 de Maio, e, revela a autarquia num comunicado, «dirige-se a todos os leitores deste equipamento municipal». 

Hoje, e além da peça de teatro O Pranto de Maria Parda, dirigida às escolas, é dia de apagar as velas do 21.º aniversário, pelas 16h30, na Biblioteca Municipal e, quando forem 21h, dá-se início à palestra «Novos Poemas de Deus e do Diabo: Um projecto de Juventude», com Maria Isabel Cadete Novais, do Centro de Estudos Regianos. 

Integrada no programa de aniversário, a exposição itinerante «O que foi a Presença uma leitura a 90 anos de distância», cedida pelo Centro de Estudos Regianos, pode ser vista até 26 de Maio. Lançada em Coimbra, a 10 de Março de 1927, a Presença –  Folha de Arte e Crítica foi uma das mais influentes influentes revistas literárias portuguesas do século XX. 

«Uma publicação mal vista por um regime que preferia o conservadorismo, de índole fascista e propagandista», que serviu para difundir em Portugal a obra e o pensamento de autores como André Breton, André Gide ou Pirandello. 

Esta exposição revela-se de grande importância para a divulgação do pensamento e da estética em termos literários desta época que é o modernismo e o presencismo, com ideias muito próprias sobre o pensamento humano em termos artísticos.

Amanhã, a partir das 20h30, a Biblioteca Bento de Jesus Caraça desafia os mais novos, entre 8 e 12 anos, a passar a noite naquele espaço, tendo preparado um conjunto de actividades. Os interessados devem inscrever-se previamente. 

Tópico