|Arquivos e Bibliotecas

Novo pólo da Biblioteca Municipal vai nascer na Quinta do Conde

A freguesia da Quinta do Conde, concelho de Sesimbra, vai ter um novo espaço dedicado ao livro e à leitura, que resultará de um investimento de cerca de 680 mil euros.

Créditos / Câmara Municipal de Sesimbra

A construção do novo pólo da Biblioteca Municipal é assegurada na totalidade pela Câmara Municipal de Sesimbra e este será implantado de raíz no terreno onde actualmente se encontra o Centro de Intervenção e Participação Associativa – CIPA, cujas instalações já não apresentam condições de utilização, informa o município em comunicado.

O edifício é composto por uma zona exterior ajardinada, com bancos que convidam à leitura no local, átrio preparado para pequenos eventos, como exposições, reuniões, formações ou colóquios, sala de leitura, área de consulta de periódicos equipada com novas tecnologias e ainda um espaço infantil com condições para a realização de actividades para as crianças e acesso a um jardim interior.

A nota refere igualmente que o fundo bibliográfico, variado, actualizado e adequado aos vários públicos, tem neste momento cerca de 12 mil documentos registados. Em todo o espaço haverá cobertura por rede wifi.

Com a passagem para as novas instalações, todo o processo de circulação e empréstimo será informatizado, o que fará com que passe a haver um cartão de leitor único para aceder aos equipamentos de leitura do concelho de Sesimbra.

O pólo da Biblioteca da Quinta do Conde tem uma história de mais de três décadas, que se iniciou em 1987, quando se criou um espaço de leitura a funcionar três vezes por semana junto aos serviços municipais da freguesia.

Poucos anos depois, acompanhou o Gabinete de Juventude para novas instalações, num edifício de habitação. Em 2000, passou para as instalações da Junta de Freguesia, com gestão conjunta da Câmara Municipal, Junta de Freguesia e de uma associação local.

Em Julho de 2006, passou a estar afecto somente à Biblioteca Municipal de Sesimbra, com recursos técnicos especializados, renovação e ampliação do espólio bibliográfico, didático e lúdico existentes, e com programação regular de actividades de promoção e incentivo à leitura para os vários públicos, em particular o infantil. Em 2015, ocupou as actuais instalações, numa zona mais central,  junto ao Parque da Vila.

Tópico