Opinião

«Certificações» e outras «Indicações» alternativas

Nesse processo, e de entre múltiplos vectores, foram sendo «reciclados» os processos, as tendências e os objectivos perseguidos pela «Certificação» – a tender para a intensificação e para a industrialização – de Bens e Produtos Agro-Alimentares e Florestais.

Por João Dinis
João Dinis

Uma farsa assassina

Em pouco mais de duas palavras: os familiares dos inocentes de Manchester, Londres, Paris e Nice deveriam antes pedir responsabilidades aos governos dos seus países por fomentarem o terrorismo que os vitimou.

Por José Goulão
José Goulão

Por soluções imediatas na Função Pública

Os trabalhadores da Função Pública dizem BASTA e estão a aderir massivamente ao apelo da Federação Nacional dos Sindicatos dos Trabalhadores em Funções Públicas e Sociais para no dia 26 de maio fazerem greve e lutarem pelos seus direitos e pelos direitos de todos.

Por Ana Avoila
Ana Avoila

Paz sim! Guerra não!

A cantiga é uma arma poderosa nessa luta pela Paz. Mas o combate pela mudança de políticas deve ser travado nas ruas e em todos os lugares onde uma política de paz, cooperação, verdadeira fraternidade e não ingerência possa finalmente um dia conquistar o devido e necessário lugar na política internacional.

Por Tiago Santos
Tiago Santos

O Corbyn ainda está vivo?

Se está vivo, já não devia estar, a acreditar nas proféticas e tenebrosas profecias de correspondentes em Londres, em correspondência com os correspondentes articulistas em Portugal dos nossos principais órgãos de comunicação social.

Por Agostinho Lopes
Agostinho Lopes

Para toda a gente, tudo #11

«É urgente que a nossa cultura conceda um lugar mais importante à compreensão dos mecanismos da comunicação, dos processos da argumentação e dos métodos manipulatórios. É necessário que conheçamos melhor por que motivo fazemos as coisas, como formamos as nossas opiniões, os fundamentos das nossas decisões.»

Por Joana Manuel
Joana Manuel

A terceira via para o abismo

Em tudo o que é comunicação social situacionista, a nível interno e internacional, as manobras conduzidas em torno da figura de Macron serviram para redesenhar «a esquerda» institucional, embora o candidato agora presidente tenha sido inicialmente definido como «centrista». 

Por José Goulão
José Goulão

Só um bom trimestre não chega

Os resultados agora obtidos serão tanto ou mais valorizados quanto eles forem sustentáveis, e esse é sem dúvida o grande desafio que se coloca ao actual governo.

Por José Alberto Lourenço
José Alberto Lourenço

Anatomia de uma calúnia

A julgar pelas notícias, as jornadas parlamentares do CDS-PP pouco terão produzido digno de destaque e Assunção Cristas estava sem assunto que produzisse eco noticioso suficiente para assegurar a «presença» mediática do seu partido ao longo do dia e nos jornais do dia seguinte.

Por Alfredo Maia
Alfredo Maia