Trabalho

Protesto no Pingo Doce em Espinho

Protesto no Pingo Doce em Espinho

Está marcado para o dia 25 de Setembro, a partir das 11h30, um protesto dos trabalhadores do Pingo Doce em Espinho, junto à entrada da loja, contra a disparidade de salários entre trabalhadores com a mesma categoria profissional mas a laborar em diferentes regiões.

Trabalhadores da EMEF continuam em luta pelos postos de trabalho

Trabalhadores da EMEF continuam em luta pelos postos de trabalho

Estruturas sindicais e trabalhadores com vículos precários despedidos das oficinas da EMEF de Santa Apolónia, em Lisboa, deslocaram-se mais uma vez, esta quinta-feira, ao Ministério do Planeamento e Infraestruturas para exigir a sua readmissão e o fim da precariedade. Trabalhadores do Entroncamento foram informados da pretensão de encerrar a oficina de vagões.

Há docentes que ainda aguardam esclarecimento sobre colocações

Há docentes que ainda aguardam esclarecimento sobre colocações

A Federação Nacional de Professores (Fenprof/CGTP-IN) tem insistido com o Ministério da Educação (ME) para a resolução das situações de docentes que aguardam ver esclarecida a sua situação concursal. Depois de uma reunião com o ME com conclusões consideradas «insuficientes», a estrutura sindical dirigiu um ofício ao primeiro-ministro.

Organizações exigem medidas para o transporte fluvial

Organizações exigem medidas para o transporte fluvial

Várias organizações sindicais, de utentes e câmaras municipais divulgaram uma tomada de posição, entregue ao ministro do Ambiente, sobre «a falta de serviço público de transporte fluvial», solicitando uma reunião urgente com a tutela.

Aprovadas alterações sobre a transmissão de estabelecimentos

Aprovadas alterações sobre a transmissão de estabelecimentos

Enquanto decorria mais um protesto dos trabalhadores da PT/Meo, foi discutido e aprovado na Assembleia da República, na generalidade, alterações ao Código do Trabalho referentes à figura da transmissão de estabelecimento, no sentido de salvaguardar os direitos dos trabalhadores.

Trabalhadores da CelCat voltam à greve

Trabalhadores da CelCat voltam à greve

Os trabalhadores da multinacional americana General Cable Celcat, que laboram na fábrica de Morelena, Sintra, decidiram num plenário realizar uma greve parcial nos dias 27,28 e 29 de Setembro, «contra o boicote à negociação efectuado pela administração da empresa».

Últimas