|Palestina

Nova madrugada de detenções na Margem Ocidental ocupada

As forças israelitas prenderam pelo menos 11 palestinianos, incluindo dois adolescentes, em operações levadas a cabo, na última madrugada, em vários pontos da Cisjordânia.

http://www.abrilabril.pt/sites/default/files/styles/jumbo1200x630/public/assets/img/image-4.jpeg?itok=5b6x_WYM
Forças de ocupação israelitas numa operação repressiva, esta madrugada, na Margem Ocidental ocupada
Forças de ocupação israelitas numa operação repressiva, esta madrugada, na Margem Ocidental ocupadaCréditos / Al-Masdar News

Mais 11 palestinianos foram presos na madrugada de sábado para domingo, todos na Margem Ocidental ocupada, segundo informa a agência Ma'an, baseando-se nos dados divulgados pela Sociedade dos Prisioneiros Palestinianos (SPP) e por fontes militares israelitas.

As forças de ocupação prenderam uma pessoa no distrito de Jenin e duas no de Ramallah, na aldeia de Kobar.

No distrito de Jerusalém, foram presos dois palestinianos – nas aldeias de Biddu e de Bir Nabala –, e no de Belém foram presos outros dois, ambos adolescentes, na aldeia de Tuqu.

Outros três palestinianos foram detidos no distrito de Hebron, na aldeia de Beit Ula. A SPP informou ainda que, na sexta-feira e no sábado, as forças israelitas prenderam outros 12 palestinianos.

A Al-Masdar News sublinha o facto de a agressividade das operações levadas a cabo pelas forças de ocupação israelitas comportar também uma dimensão «desumana e aterrorizadora» para os todos os palestinianos que vivem nas imediações dos «visados em primeira instância».

As incursões nocturnas das forças militares israelitas em cidades, aldeias e campos de refugiados na Margem Ocidental ocupada, incluindo Jerusalém Oriental, ocorrem quase diariamente. De acordo com dados das Nações Unidas, referidos pela Ma'an, este ano verificaram-se, em média, 85 operações de busca e captura a cada duas semanas.

Já este mês, vários organismos palestinianos publicaram um relatório em que se destaca o facto de, no mês de Julho, 880 palestinianos terem sido presos pelas forças policiais e militares israelitas; desses, 144 são crianças.

Tópico

0 Comentários

no artigo "Nova madrugada de detenções na Margem Ocidental ocupada