|Síria

Lavrov critica instalação de armamento norte-americano no Sul da Síria

O ministro russo dos Negócios Estrangeiros, Sergei Lavrov, considerou injustificada a instalação, pelos EUA, de armamento adicional e mais potente no Sul da Síria, junto à fronteira com a Jordânia e o Iraque. «Não há quase unidades do Daesh na zona», disse.

http://www.abrilabril.pt/sites/default/files/styles/jumbo1200x630/public/assets/img/siria-himars.jpg?itok=FY75oeFY
Norte-americanos deslocaram para Síria armamento mais potente, violando a soberania do país
Norte-americanos deslocaram para Síria armamento mais potente, violando a soberania do paísCréditos / RT

Numa conferência de imprensa esta sexta-feira, em Moscovo, Lavrov disse que os militares russos estão a analisar a situação no terreno, mas considerou «injustificada» a instalação de mais armas por parte dos norte-americanos, incluindo o sistema de lançamento múltiplo de mísseis.

«De acordo com os nossos dados, não há praticamente tropas do Daesh na área. Instalar armamento dessa potência, que não é adequado para combater o Daesh, é visto por especialistas na Rússia e noutros países como uma tentativa de gerar uma força militar adicional para impedir a criação de canais estáveis entre forças governamentais e pró-governamentais na Síria e os seus aliados no Iraque», disse, citado pela agência SANA.

Lavrov alertou para a tentativa de substituir a criação de uma «frente única de combate contra o terrorismo», mais uma vez, em função de «manobras geopolíticas», que procuram explorar sectarismos religiosos no seio do Islão.

Estas declarações surgem depois de os militares russos terem confirmado que os norte-americanos tinham descolado baterias de artilharia de alta mobilidade HIMARS para o Sul da Síria, junto à fronteira com o Iraque e a Jordânia. Foram instaladas junto a Al-Tanf (Sudeste da província de Homs), onde a chamada «coligação internacional» tem uma base e onde militares norte-americanos treinam elementos do chamado Exército Livre Sírio (ELS), revela a RT.

Ministério da Defesa alerta

As observações de Lavrov seguem-se também ao comunicado divulgado, quinta-feira, pelo Ministério russo da Defesa, no qual confirmaram a instalação, a partir da Jordânia, do material bélico norte-americano em Al-Tanf.

Os militares russos sublinham que «a instalação de qualquer tipo de armamento estrangeiro em território sírio, especialmente lançadores de mísseis múltiplos, deve ser acordado com o governo do país soberano [Síria]».

Lembram, ainda, que as forças da coligação liderada pelos EUA «atacaram por diversas vezes as tropas sírias, que lutam contra o Daesh perto da fronteira com a Jordânia». Por isso, afirmam, «não é difícil imaginar que tais ataques contra os militares sírios possam continuar, mas desta vez com recurso ao HIMARS», refere o comunicado, citado pela RT.

Tópico

0 Comentários

no artigo "Lavrov critica instalação de armamento norte-americano no Sul da Síria