Arte pela liberdade: o Freedom Theatre apresenta-se no Porto

De 12 a 18 de Setembro, a ACE Teatro do Bolhão acolhe uma mostra multidisciplinar de cultura palestiniana, com teatro, workshops, debates, cinema e artes plásticas, e que enquadra a apresentação do Freedom Theatre.

O «Portugal Palestina: Arte pela liberdade» decorre no Porto de 12 a 18 de Setembro
O «Portugal Palestina: Arte pela liberdade» decorre no Porto de 12 a 18 de SetembroCréditosmag.sapo.pt

O Freedom Theatre está sedeado no campo de refugiados de Jenin e procura desenvolver uma comunidade artística e criativa na parte Norte da Cisjordânia. Os alunos da sua escola de teatro têm estado a realizar uma digressão em Portugal e, após vários espectáculos na Atalaia (Seixal) e em Lisboa, vão apresentar no Porto as peças Regresso à Palestina e Kanafani.

«Sem deixar de pôr ênfase no profissionalismo e na inovação, o Freedom Theatre procura integrar os jovens e as mulheres na comunidade, e explorar o potencial das artes como um importante catalisador para a mudança social», informa o Movimento pelos Direitos do Povo Palestino e pela Paz no Médio Oriente (MPPM).

«Os trabalhos apresentados em Portugal são fruto de um projecto em que se capacita a geração mais jovem para utilizar as artes para promover mudanças positivas na sua comunidade e, simultaneamente, quebrar o isolamento cultural que separa Jenin das comunidades mais amplas do resto da Palestina e do Mundo», esclarece ainda o MPPM.

O programa do «Portugal Palestina: Arte pela liberdade – O Freedom Theatre no Porto», que pode ser consultado na página do MPPM ou em ace-tb.com, vai de 12 a 18 e Setembro, mas a sessão de abertura terá lugar só no dia 13, às 21h30, com a instalação de Joana Villaverde 3 AM Birzeit December 2015, seguida da projecção de dois documentários: The Journey of a Freedom Fighter, apresentado por Nabeel Al-Raee e Micaela Miranda, e Against the Wall, apresentado por Frederico Beja.

Noutros dias, será ainda possível assistir aos documentários Remember us e Roadmap to Apartheid, bem como participar em conversas e debates sobre a Palestina. A ACE Escola de Artes informa que a receita dos espectáculos de teatro reverte na totalidade para o Freedom Theatre.