Greves convocadas na grande distribuição

Estão convocadas greves para o sector da grande distribuição – no Lidl, no dia 2 de Junho, e nos armazéns de logística da Jerónimo Martins e da Sonae, para o dia 8 de Junho.

http://www.abrilabril.pt/sites/default/files/styles/jumbo1200x630/public/assets/img/armazem.jpg?itok=Za5Q-12m
Os operadores de armazém de grande distribuição, em topo de carreira, auferem 557 euros
Os operadores de armazém de grande distribuição, em topo de carreira, auferem 557 eurosCréditos / CC BY 2.0

Os trabalhadores do Lidl de todo o território nacional, quer das lojas, quer dos entrepostos de distribuição, vão levar a cabo um dia de greve a 2 de Junho. Estes trabalhadores lutam pelo aumento dos salários para todos, pela reposição do direito a pausa diária de 15 minutos a todos os trabalhadores como tempo de trabalho e pela negociação de um contrato colectivo de trabalho para as empresas da grande distribuição.

Durante a semana que passou, os trabalhadores dos armazéns e da logística da grande distribuição realizaram plenários para discutir acções de protesto exigindo respostas às suas reivindicações.

Para além da greve convocada para o Lidl, estão também marcadas greves para o dia 8 de Junho nos armazéns de logística da Jerónimo Martins (Pingo Doce) e da Sonae (Continente).

Estes trabalhadores, para além de reivindicarem a negociação do contrato colectivo de trabalho, o aumento dos salários para todos, horários regulados e o fim da precariedade, defendem também a correcção da injustiça na carreira de operador de armazém, exigindo a equiparação da carreira profissional dos operadores de loja, de forma a permitir que, em topo de carreira, todos os trabalhadores estejam ao nível do operador especializado. Os operadores de armazém, no topo da carreira, recebem salários a rondar os 560 ou 570 euros.

O Sindicato dos Trabalhadores do Comércio, Escritórios e Serviços de Portugal (CESP/CGTP-IN) também emitiu um pré-aviso de greve para o dia 3 de Junho, de forma a que todos os trabalhadores destes sectores estejam disponíveis para participar no «Dia Nacional de Luta» convocado pela CGTP-IN, com duas manifestações: uma em Lisboa, no Marquês de Pombal, e outra no Porto, no Campo 24 de Agosto, ambas com início pelas 15 horas.

0 Comentários

no artigo "Greves convocadas na grande distribuição