|Trabalhadores da limpeza

Trabalhadores da Euromex em greve no Aeroporto do Porto

A adesão nos primeiros dois turnos foi de 75%, segundo informação sindical. Os trabalhadores da Euromex que realizam limpeza no Aeroporto do Porto protestam contra a prática de assédio por parte da empresa e pelo cumprimento dos direitos dos trabalhadores.

http://www.abrilabril.pt/sites/default/files/styles/jumbo1200x630/public/assets/img/euromex13_julho.jpg?itok=sHhLC2i4
Concentração dos trabalhadores da Euromex contra o assédio e a repressão
Concentração dos trabalhadores da Euromex contra o assédio e a repressãoCréditos / AbrilAbril

A greve de 24 horas dos trabalhadores que prestam serviço de limpeza no Aeroporto do Porto decorre num contexto em que a chefia «trata muito mal os trabalhadores e trabalhadoras, intimidando-os, amedrontando-os e, inclusive, reprimindo-os», informa o Sindicato dos Trabalhadores de Serviços de Portaria, Vigilância, Limpeza, Domésticas e Actividades Diversas (STAD/CGTP-IN) num comunicado.

O sindicato lembra que «a Euromex tem total responsabilidade» no tratamento que é dado aos trabalhadores e, que perante algumas queixas, a empresa «assobia para o lado».

Os trabalhadores também se queixam de não ser cumprido o acordo de condições específicas do local de trabalho, como está consagrado no contrato colectivo de trabalho, exigindo que no Aeroporto do Porto «se acabe a discriminação entre trabalhadores e que todos tenham os mesmos horários, ganhem a mesma retribuição e tenham o mesmo subsídio de transporte».

O sindicato recorda que a Euromex «comprometeu-se a dar uma resposta ao STAD até dia 2 de Junho» no que diz respeito à aplicação do acordo de condições específicas e «aos valores em falta das actualizações do subsídio de turno e do valor dos 16% pelo trabalho aos domingos, desde 1 de Janeiro de 2017». No entanto, até agora, a empresa não respondeu.

Os trabalhadores realizaram uma concentração com a participação de cerca de 70 trabalhadores, que se deslocaram em desfile do aeroporto até à sede da empresa.

Alguns trabalhadores confirmaram que houve substituição de funcionários em greve por outros, de forma a minimizar os efeitos, e o sindicato  demonstrou intenção de apresentar queixa na Autoridade para as Condições do Trabalho (ACT).

Esteve presente nesta iniciativa , prestando solidariedade com os trabalhadores, uma delegação do PCP, que incluíu o vereador e candidato da CDU à Câmara Municipal de Matosinhos, José Pedro Rodrigues.

Tópico

0 Comentários

no artigo "Trabalhadores da Euromex em greve no Aeroporto do Porto