Seixal celebra aquisição da Mundet

A Câmara do Seixal assinala 20 anos da aquisição daquela que foi a maior empresa do sector corticeiro da Margem Sul e uma das mais importantes a nível mundial, com o anúncio de novos projectos para a Mundet.

http://www.abrilabril.pt/sites/default/files/styles/jumbo1200x630/public/assets/img/mundet_2.jpg?itok=wNLbXJVs
Na década de 40 trabalharam nas fábricas da Mundet (Amora e Seixal) três mil operários
Na década de 40 trabalharam nas fábricas da Mundet (Amora e Seixal) três mil operáriosCréditos

Foi a 10 de Dezembro de 1996 que o Município do Seixal adquiriu a antiga fábrica da Mundet em hasta pública. Desde então, a empresa, que havia encerrado nos finais de 80 por falta de competitividade, foi sujeita a uma renovação dos espaços para outras finalidades e está prestes a ganhar uma nova vida.

Numa comunicação em vídeo, a autarquia celebra o aniversário da aquisição e anuncia novos projectos para a valorização da Mundet, a começar pela expansão do Ecomuseu Municipal do Seixal (EMS), com novas áreas expositivas e uma área de reservas museológicas. A arte e tradição cultural vão estar no Espaço Artesãos, o local para os artesãos do concelho aí desenvolverem as suas actividades.

Em termos ambientais, está prevista a recuperação do Alto de D'Ana, onde vai nascer o Parque Urbano do Seixal. O leque de novos projectos integra ainda a construção de um pavilhão desportivo e um novo espaço de restauração nos refeitórios da Mundet.

Um espaço de cultura

A valorização do património da Mundet teve início com a musealização, através do EMS. A par desta, a autarquia do Seixal transformou cada espaço de modo a garantir diferentes dinâmicas colectivas e culturais.

Nas antigas creches, construídas em 1939 para os filhos dos operários da Mundet, e onde funcionou já uma escola de segunda oportunidade, está instalada, desde 2013, a Escola de Música do Conservatório Nacional.

Os refeitórios foram convertidos em espaços para acolher iniciativas como o Março Jovem, o SeixalJazz, a Bienal Internacional de Medalha Contemporânea e exposições, entre outras iniciativas culturais e educativas promovidas pela autarquia.

0 Comentários

no artigo "Seixal celebra aquisição da Mundet